quinta-feira, 17 de junho de 2010

História e importância de T&D

A aprendizagem é fundamental para que as organizações possam atingir seus objetivos.As ações de capacitação nas organizações pretendem influenciar o comportamento humano no ambiente de trabalho.
O processo de aprendizagem é foco de interesse dos primeiros pensadores do mundo ocidental. Com o passar dos anos e com o avanço das áreas de psicologia aplicada (psicologia organizacional), as interfaces dos estudos sobre aprendizagem e instrução cresceram e , então, tornou-se possível a estruturação de uma área de psicologia aplicada denominada T&D , interessada em desenvolver tecnologias para tornar mais eficiente o processo de aprendizagem nas organizações de trabalho. Dentro do campo T&D o que se busca é a facilitação da aprendizagem de competências relacionadas ao desempenho ocupacional, facilitação essa que pode ser feira por meio da produção tecnológica e da aplicação dessa tecnologia em T&D. Graças a essa logica é que a tecnologia nesse campo encontrou espaço dentro das organizações e, mais do que isso, desenvolveu-se expressivamente, em decorrência do interesse das mesmas em aprimorar continuamente esse processo no ambiente de trabalho.
Treinamento pode ser definido como uma ação tecnológica controlada pela organização, composta por partes coordenadas, inseridas no sistema organizacional, calçadas em conhecimentos advindos de diversas áreas, com finalidade de (A) promover a melhoria de desempenho (B) capacitar para o uso de novas tecnologias (C)preparar para novas funções. Essas finalidades são atingidas por meio da aquisição sistemática e internacional de competências e aplicação dessas no trabalho.

O próximo post será uma continuação da história e da importância do T&D

REFERÊNCIAS:
ANDRADE-BORGES Jairo E.; ABBAD Gardênia da Silva ; MOURÃO Luciana e Colaboradores. Treinamento, Desenvolvimento e Educação em Organizações e Trabalho, fundamentos para a gestão de pessoas – Editora Artmed, 2006

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário